O perigo das células É preciso entender que as células são um método.

 Vamos lá, adiantando o assunto, não estarei me referindo a todas as Igrejas em células, a reflexão não é para uma Igreja específica e nem todas as Igrejas que vivem desse método, mas uma crítica de forma geral e sucinta sobre o sistema de células. Tem muita gente boa por aí, gente simples, pregando o evangelho de verdade.
Feita essa consideração, continuemos…
Primeiramente, é preciso entender que células é um método. Isso é fundamental compreender. A Igreja em células é um método de crescimento de Igreja, não é a Igreja, mas um método, uma forma de se relacionar visando a expansão da Igreja.
Qualquer tipo de método é limitado e está ligado ao tempo, alguns métodos ficam escassos, outros surgem e, assim é a vida. Método é uma forma, uma possibilidade. Entende isso? O método nunca é um fim em si mesmo, os métodos se desgastam.
O teólogo coreano David Yonggi propagou muito o método da Igreja em células pelo mundo a fora, essa forma de Igreja deu certo em seu país e ele escreveu muito a esse respeito divulgando o “método de expansão da Igreja em células”. Na América Latina, César Castellanos criou o movimento G12, uma adaptação da mesma visão de Yonggi. Nos dias de hoje, existem muitas Igrejas em células, que atuam de formas diferentes, mas todas com o mesmo objetivo: utilizar do método de células para o crescimento da Igreja.
Atualmente, as Igrejas em células de forma geral, tem uma influência do teólogo coreano ou do movimento G12. Os livros dos que apresentam o “método das células” sempre estão sobre um objetivo central e único: crescimento!
Tudo bem até aqui? Continuemos…
As células funcionam como uma piramide (lembrando que o sistema de pirâmide empresarial é proibido, mas existe isso nas igrejas… misericórdia).
Cada Igreja tem várias células, o pastor local é o líder de todas as células da sua Igreja. O pastor local cria líderes para serem responsáveis por pequenos grupos de pessoas que se reunirão semanalmente. Cada célula tem um líder. E qual é o jogo? Cada célula deve crescer, o objetivo é cada líder de célula fazer com que seu grupo cresça, então é preciso  levar mais pessoas para as reuniões domésticas, “conversões” de novas pessoas e isso vai fazendo com que a célula cresça. Quando uma célula cresce muito, ela é desmembrada. Agora uns que eram “discípulos” (membros das células e foram bons servos) viram líderes de outra célula, pequena, e começam do zero, mas correm para encher sua célula, converter pessoas e assim vai…
Temos então um sistema de piramide, onde um líder de célula vai ganhando posições com o crescimento de suas reuniões, vai se tornando líder de mais pessoas e outros viram líderes e assim sucessivelmente, tudo com uma visão de crescimento. Todos precisam estar envolvidos nas células para garantir sucesso. O pastor local deixa todos trabalharem, pois quanto mais gente, mais “força a sua Igreja tem”. Esse é o método das células sem espiritualizar nada.
Repito, o método de célula está visando um objetivo: crescimento.
E qual o problema disso? A Igreja tem que crescer não é?
Volto a dizer, o método não pode virar um fim em si mesmo, nem tudo que dá certo está certo. E as vezes, nem tudo o que tá certo, dá certo. O crescimento exterior não significa crescimento dado por Deus, porque se fosse dado por Deus não dependeriam tanto do método! Esse povo estuda tanto o método, tem tanto curso de líderes, querem tanto te fazer participar da piramide e viver para isso que o “método das células” vai se tornando um fim (e o fim do senso de verdade também).
O lado negro das células é que os criadores desses métodos fazem as pessoas dependentes disso e deles (criadores). Você sempre é servo do seu líder, sempre tem um líder e quando é um bom liderado (obediente e segue as regras), vira líder de alguns também.
Células é apenas um método, que as vezes da resultado de quantidade, mas na verdade, tem enriquecido os palestrantes desse método, tem criado gurus espirituais, um espiritualismo desenfreado, uma dependência de seu líder espiritual, uma submissão a um método e forma.
Queridos, o evangelho não tem método, ele é simplesmente e grandiosamente o Evangelho. O surpreendente do Evangelho é que ele entra em qualquer cultura, de diversas formas, para cada pessoa diferente. Os métodos são necessários quando falta conteúdo (Palavra) e quando existe cobiça pelo poder (crescimento).
O método de células te faz ser dependente do Network, atingir metas, parece uma empresa de marketing. Se aproveitam de um mundo capitalista e fazem das pessoas consumistas também no mundo gospel.
O evangelho não cabe no seu método, na sua caixa. Nosso desejo não é o crescimento quantitativo desenfreado. A gente tem que falar a verdade, temos que ter a Palavra e graça de Deus, quando o crescimento vem do céu, não é o método que nos conduz, mas o amor produzido pelo Espírito que nos une. Isso é a Igreja de Atos, que não nos apresenta um método, mas conversões genuínas e amor entre os irmãos por Cristo Jesus.
Misericórdia aos que usam desse método das células para se enriquecer, se promover, serem vistos. Estão conseguindo sucesso fazendo pessoas de escravos e usando o nome de Deus… Infelizmente, o sistema de piramides funciona e muitos gurus espirituais tem prendido pessoas.
Que desejemos a verdade, a sinceridade, e a simplicidade do Evangelho. Menos métodos e metas e mais vida, no dia a dia, como cristãos de verdade.
Ah, uma observação: os liderados, recém convertidos, bem intencionados, não percebem que estão numa brincadeira de pirâmide, eles entram no jogo e pensam que isso é a Igreja de Cristo. São simples, e destes é o reino dos céus. Perigoso é para os que se aproveitam dos outros para o crescimento próprio, usando as pessoas e o nome de Deus.
 
* As opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores
e não refletem, necessariamente, a opinião do Gospel Prime.
 
Fonte: Gospel prime
O perigo das células É preciso entender que as células são um método.  O perigo das células  É preciso entender que as células são um método. Reviewed by Antônio on 00:28:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

AD